Publicado em: 27 de setembro de 2018 | Revisa Ford
Ford alerta sobre os perigos de usar o celular ao volante

Ford alerta sobre os perigos de usar o celular ao volante

No mês de agosto, o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) iniciou a realização de uma campanha nacional de conscientização sobre os riscos do manuseio do celular ao volante. Usar o smartphone e dirigir é uma combinação muito perigosa. Tão arriscada que o uso do aparelho pelo condutor é proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro e considerado infração gravíssima. 

De acordo com estudos da Ford, uma selfie feita pelo motorista enquanto dirige pode distraí-lo por até 14 segundos, tempo gasto para percorrer 400 metros ou uma volta completa em uma pista de atletismo e suficiente para causar acidentes fatais. Durante uma simples consulta de 20 segundos às redes sociais, um motorista guiando a 100 km/h percorreria o equivalente a 560 metros ou cinco campos de futebol. “É muito importante que o motorista esteja sempre atento, pois a falta de atenção, além de prejudicá-lo, também pode causar danos aos passageiros, outros motoristas e pedestres”, alerta Robson Jardim, supervisor de Operações do Campo de Provas da Ford em Tatuí. 

Na Europa, a Ford encomendou uma pesquisa para compreender melhor os riscos assumidos por jovens motoristas, que revelou que 43% enviaram textos enquanto dirigiam, 36% telefonaram e enviaram mensagens e 11% assistiram a vídeos ou programas de TV em seus dispositivos. O estudo foi realizado com 6.500 jovens no Reino Unido, Alemanha, França, Itália e Espanha em junho de 2016 pela Lightspeed GMI, uma empresa de pesquisa global.

Além disso, outras distrações ao volante também podem ser muito perigosas, como arrumar o cabelo, mexer no rádio e passar maquiagem. Para arrumar o cabelo usando o espelho retrovisor com o veículo a 100 km/h seriam gastos 4 segundos e percorridos 120 metros, o equivalente a quatro quadras de basquete. 

Evite situações de risco

A Ford recomenda que, ao fazer uma viagem, o motorista esteja sempre alerta e antecipe situações de perigo. Além do uso do telefone, devem ser evitadas distrações como música alta e conversas desnecessárias, e solicitado, especialmente aos acompanhantes, que falem em voz baixa.

Para que o motorista possa usar o smartphone sem correr riscos, a Ford oferece o sistema de conectividade SYNC. Com ele é possível fazer e receber ligações e ouvir mensagens de texto por comandos de voz ou com um simples toque em botões no volante. Já a tecnologia Applink permite acessar aplicativos, tudo isso sem que o motorista precise tirar os olhos da pista e as mãos do volante.

“O sistema SYNC garante o pareamento com o seu smartphone de maneira rápida e simples, então uma dica é ligar o Bluetooth do seu aparelho assim que entrar no veículo”, recomenda Robson Jardim.  


Fonte: Ford Media Center